29 de junho de 2010

Carta ao Pai Natal (leia-se Rui Guerreiro)

Querido Pai Natal (também conhecido por Rui Filipe, Amor ou Papá),

Sei que me tenho portado muito bem, tenho feito a maior parte das tarefas domésticas sem me queixar, passo a minha roupa a ferro, cuido do bebé e ainda faço o jantar. Assim, eis a lista de presentes que gostaria de receber para compensar o meu esforço:
A triologia do Senhor dos Aneís



Um roupeiro encastrado (desde o chão, até ao tecto - deve chegar)



Um Caixote do Lixo novo, porque o que temos já era.....



E, finalmente, uma balança de cozinha... ehehehehhe (já sabes o que aconteceu á outra)

28 de junho de 2010

Feliz q.b.

Na prática, sinto que tenho tudo para ser Feliz, senão vejamos:

* Marido Mil Estrelas (apesar do seu mau-feitio)
* Filho Mil Estrelas
* Tenho uma casa onde não tenho de me preocupar constantemente com a subida da Euribor
* Tenho um emprego estavél (ainda que ache que sou pouco valorizada)
* Tenho 2 mãos, 2 pernas, saúde com fartura...
Que mais posso eu desejar....

O certo é que, por vezes, são pequeninas coisas que nos deixam com um sorriso na cara. Neste momento, o que me deixaria muito feliz era ter mesmo uma casa maior, com um guarda-roupa gigante, com espaço para o Rocky correr e para o Gui correr atrás dele, uma casa com um jardinzito para poder cultivar umas cenouras e umas alfaces.
Será demais pedir que me saia o Euromilhões?
Eu nem peço muito... apenas o suficiente para comprar aqui um T3, na Cruz Quebrada, com vista para o Mar...

Bricolagens - EM FALTA

Quando falo em 'bricolage' lá por casa, há quem comece a coçar-se devido á alergia que sente só de ouvir a palavra. Eu espero e desespero para que por vezes uma simples tomada seja arranjada.
Assim sendo, deixo aqui esta espécie de cábula para que o meu amor saiba o que tem para fazer em casa.


Comprámos um esquentador novo em Janeiro deste ano... depois de montado a porta do armário continua arrumada atrás da porta da cozinha porque o meu Homeme diz que sozinho não consegue montar a porta.


Desde que me mudei para casa do Rui que lhe ando a pedir que me arranje o estendal - há que substituir as roldanas e o fio - bom, já vivemos juntos, vai fazer agora em Julho, 5 anos...


Estes ferros são um suporte de uma prateleira que, por iniciativa própria, decidi excluir da minha marquise, porque quero lá colocar um armário para arrumção. Já lá temos uma máquina emprestada para cortar os ferros... talvez desde Abril deste ano...


Mais uma bricolage á espera... há quase 5 anos... depois da casa pintada... as tampinhas destes 'buracos' misteriosamente desapareceram e nunca mais voltaram para casa...

Fora estas pequenas reparações há ainda os candeeiros das mesas de cabeceira que estão 'temporariamente' sem luz... mas, como o Rui diz... "quando vamos para o quarto é para dormir"...

Eu continuo a ter esperança....

25 de junho de 2010

My Little Rock Star

Quando vou ás compras para o Gui, há roupa que eu simplesmente não consigo resistir! Então quando vou á H&M, ainda pior... eles tem roupa tão gira.
O que me chateia é haver toneladas de roupa para menina e para rapaz é meia dúzia de tshirts... calções e pouco mais....
Ai se eu tivesse tido uma miúda, bem o Rui podia arranjar um part-time nocturno porque eu iria certamente perder a cabeça em roupa, todos os dias!
Com o Gui tento ser um bocadinho mais contida... até porque, nestas alturas eles estão sempre a crescer e não vale apena gastar muito dinheiro em roupa porque pouco dura no corpito deste nosso manjerico!!!

21 de junho de 2010

Começou a Saga...

18 de junho de 2010

4 Meses de Vida

10 de junho de 2010

Come a Papa, Guilherme Come a Papa

Como ouvi dizer que começar a dar papa á colher seria um excelente desafio, decidi antecipar-me e comecei a dar 1x por dia umas 6 colheres de papinha ao Guilherme para ele se começar a habituar a comer á colher. Habituado ao biberon, escusado será dizer que a 1ª vez foi um autêntico BANHO DE PAPA, quer para ele, quer para mim. Mas, sem dúvida que é uma experiência deliciosa. A verdade é que ao fim de 1 semana a tentar então habituá-lo á colher, o Gui quando vê a colher a aproximar-se da boca já a abre para deixar entrar o 'avião'.

9 de junho de 2010

Problemas? Quem não os tem!

Talvez eu devesse viver mais e queixar-me menos!

4 de junho de 2010

Umas Mini-Férias por aí

Aproveitando as mini-férias do Pai, a Familía Guerreiro fez as malas e fizémo-nos á estrada. Foram 3 dias de muito passeio mas, também de muita logistíca á mistura. A preocupação geral era sempre "o biberon do Guilherme". Confesso que não foi assim tão dificil. Arriscámos e fizémos ainda Turismo Rural para os lados de Odemira - deu para o pequenote se refastelar junto á piscina e ainda molhar os pézinhos. Passeámos ainda pela Ericeira, Sobreiro, Zambujeira do Mar e Vila Nova de Milfontes... e sempre que a água, os biberons e o leite atrás...