31 de janeiro de 2008

Quantidade Certa

Uma das frases que o Rui mais me diz, a seguir ao "amo-te" é "Fizéste comida a mais". Ora..... pois fiz!!! Só tenhos tachos grandes, pirexs grandes, travessas grandes. Acho que o meu problema está mesmo nos utensilios. Não faço comida para duas pessoas mas sim, faço comida suficiente a encher o pirex. Se calhar o segredo é comprar pratos mais pequenos talvez assim não seja tão bruta nas quantidades. O certo é que fiz este maravilhoso prato onde metade foi para o lixo porque já estávamos enjoados de comer massa com atum. O Pudim... bom, o pudim já vem de Domingo passado e ainda não comemos metade.
Mas o que se passa connosco? Andamos com algum problema digestivo que não nos deixa comer mais do que o suficiente para ficarmos satisfeitos???
Tou mesmo farta de deitar comida para ao lixo pois, ao contrário do que possam pensar não dou os restos de comida ao Rocky. Vai mesmo para o lixo no máximo depois de andarmos a comer a mesma coisa há 2 dias!

Enfim, fora isto, esta semana tem sido pouco produtiva a nível culinário pois agora ando com uma Otite que me dá náuseas durante o dia, chego a casa quero é dormir!

Tou farta de me sentir assim.... menos bem!

30 de janeiro de 2008

THE END!!!!!!

Não, não é o Fim deste magnifico Blog mas, com tanta doença que tive durante esta semana esqueci-me de vos dizer que o Rui já é OFICIALMENTE ENGENHEIRO!
Acabou finalmente a escola..... Yupi!!!!!!!!!
Soltem os foguetes. A Festa vai começar!!!!!!!!

Ainda que para alguns, o n.º13 seja sinónimo de azar, para nós só nos trouxe uma enorme felicidade. Dia 16 de Fevereiro já temos reservada uma Suite (não vou dizer onde porque é surpresa para o Rui), onde vamos celebrar á GRANDE!!!

Uma Otite.... pois claro!!!

4h da manhã, vocês todos provavelmente a dormir um soninho descansado enquanto eu a essa hora me vestia para ir ao Hospital Santa Maria a uma urgência de Otorrino. Acordei com dores "insuportavéis" no meu ouvido esquerdo. Suspeitei logo que fosse uma Otite mas, o espirito positivo do Rui levou-me a pensar que era apenas uma dorzita passageira, consequência de andar sempre com os phones em altos berros. Ah pois..... o Rui tem um espirito muito animador... Coitadito, fize-o levantar-se também para ir comigo ao Hospital. Percorremos o Hospital de lés-a-lés até chegarmos ás urgência de Otorrino
"Então menina Vanda, que se passa?
Ai Sra. Doutora, acordei com uma dor muito forte no meu ouvido esquerdo. Não tenho febre mas tenho muitas náuseas.
Ora vamos lá ver isso....
(enquanto me enfiava uma maquineta dentro do meu ouvido eu só pensava quando é que iria sujar o chão do Hospital com o meu vómito. Aquilo dentro do meu ouvido ainda me fazia sentir mais agoniada)
Pois, menina Vanda. Você está com uma Otite Externa. Vamos dar-lhe uns antibióticos e uns anti-inflamatórios para tomar durante uma semana. Até lá, nada de apanhar água nesse ouvido"

Ahhhhhh...... não há nada que este ano não me aconteça!!!
Xiça!

29 de janeiro de 2008

Ouvir o Silêncio

Este é mais um dos muitos sonhos que tenho. Este anda comigo há muito tempo, talvez há tempo demais para ser apenas um sonho. Talvez por isso me tenha agora incentivado e metido mãos á obra para o realizar. Há uns anos atrás, provavelmente uns 14/16 anos a minha avó frequentava a Liga Portuguesa dos Deficientes Motores ali na Ajuda, onde diariamente levava umas massagens e uns tratamentos de acupuntura. Eu limitava-me a fazer-lhe companhia e limitava-me a observar atentamente as enfermeiras darem-lhe as massagens, na altura das agulhas fugia a sete pés. Vinha então para o átrio interior, onde me deliciava a olhar para as pessoas que comunicavam através da Lingua Gestual. Sempre me fascinou e vos garanto que há poucas coisas que me prendem o interesse e aprender Lingua Gestual sempre foi um desejo presente em mim. Cheguei a inscrever-me numa Associação para começar a frequentar aulas de aprendizagem mas, nunca cheguei a ir á primeira aula porque azar ou não, mudei de emprego. Por isso, decidi arregaçar as mangas e dar-me a mim mesma esta força de vontade para aprender aquilo que tanto me surpreende.
Linguagem Gestual. Comprei este livro na minha livravria online preferida Webboom e confesso que ainda só sei dizer "Olá", "Bom Dia", "Namorado" e "Cão".... com tempo e muita dedicação sei que vou conseguir encaixar tudo o resto.

28 de janeiro de 2008

Coleccionador de Roupa-Para-Passar-a-Ferro

Eu sei que a foto está uma porcaria mas, assim estive eu também o fim-de-semana todo, encurralada em casa com o tal vírus que se afeiçoou tanto a mim que voltou de novo para os meus braços, corpo, pernas, e por aí fora.... Enfim.... fora isso, não quis deixar passar esta oportunidade de mostrar a colecção de roupa que esperava pelo Rui este fim-de-semana. Há quem faça colecção de jornais antigos, o Rui prefere ver o cesto da roupa (note-se que é um cesto gentilmente cedido pelo Feira Nova), cheio até a cima.... Aliás, já estava a ficar desesperada, estava a ficar sem roupa.
Ahahahhahahaha, eu..... sem roupa..... como se isso algum dia fosse possível... por entre os 2 roupeiros 1 cómoda cheias de roupa minha..... A roupa do Rui deve-se sentir altamente discrminada.


Obrigado Amor pela ajuda preciosa que foste enquando tive em convalescência!!!

23 de janeiro de 2008

Amar de Olhos Abertos

O facto de andar 5 dias por semana de comboio e de á hora de almoço aproveitar o sol e sentar-me num banco de frente para a praia, fez nascer em mim uma enorme vontade de ler. Tenho devorado (literalmente) livros. A caminho do trabalho mergulho em umas quantas páginas e no regresso a casa, mais uns quantos mergulhos. Claro que, quando o tempo está agradavél, vou até á praia (que fica a uns míseros 3 minutos a pé do meu trabalho) e aí, mergulho em mais uns minutos de deliciosa leitura. O último livro que acabei de ler ontem foi este "Amar de Olhos Abertos" de Silvia Salinas e Jorge Bucay. Um livro que sobretudo nos faz reflectir sobre algumas atitudes, nomeadamente a maneira como gostamos de "culpar" o nosso companheiro pelo declinío da relação. Bom, com o livro aprendi que viver em casal é um desafio permanente e que todos os dias aprendemos e crescemos um com o outro.É sem dúvida um livro que aconselho a quem gostar de ler e se interessar por uma "vida a dois".

22 de janeiro de 2008

Depois da Sopa

Normalmente sempre que a minha mãe come cereais ou sopa, deixa-me sempre um bocadinho no final para eu comer, o resultado de lamber sopa da tigela é este que vêem na foto. Fico todo salpicado de lamber a sopa... ehehehe
Sopa é bom.

Mais um prato especial

Apesar das poucas refeições que temos feito juntos nos últimos tempos, quando dividimos este momento, fazemo-lo em grande estilo. Desta feita, peguei em mais uma das 10 receitas que tenho separadas para eventualmente fazer durante a semana, a escolhida foi esta: Porco com Ananás. Soa um bocado a comida chinesa mas o resultado é absolutamente divinal. Sempre gostei de fruta na comida mas, porco com ananás fica delicioso. Segui, mais uma vez a receita á risca para não falhar nada, assim se falhar podemos sempre atribuir as culpas á Revista que a publicou. Eheheheh
O único ingrediente que eliminei foi o caril, pois lá por casa o caril funciona mais como laxante do que propriamente como especiaria exótica.

Para sobremesa fiz uns moranguinhos para o Rui, pois eu contentei-me com um Pudim rafeiro que fiz (é que sou alérgica aos morangos)

21 de janeiro de 2008

Um fim-de-semana cheio de Praia

"Olá a todos, quero pedir-vos desculpa pela minha longa ausência deste blog mas, prometo que agora vou ser mais assíduo e partilhar aqui com vocês as minhas aventuras com a minha Familia. E nada melhor do que (re)começar com um fim-de-semana em grande, muito divertido e muito cansativo. No Sábado á tarde fui com a minha mamã levar o mano Tomás a casa da avó e, na volta parámos na praia de Caxias onde fiquei ali meia hora a correr atrás das minhas amigas gaivotas. Elas não sei porquê fogem sempe de mim. Eu só quero ser amigo delas, tou farto de ter amigos de quatro patas rafeiros como eu. Esta é uma dessas minhas tentativas de aproximação ás gaivotas, se clicarem na foto podem-me ver melhor em plena corrida. Foto de Sàbado. Quando cheguei a casa, bebi quase meio-litro de água e deixei-me estar a dormir em cima do sofá enquanto a minha mãe fazia vestidos para as bonecas.

No Domingo, a aventura repetiu-se. Desta vez, com um passeio matinal pelo paredão da Cruz Quebrada até Caxias, onde tivémos mais um bocadinho na praia. Desta não corri atrás das gaivotas mas defendi a minha mãe dos pescadores. Ficámos ali o tempo suficiente para eu me molhar e roer um pau enquanto a mãe lía o seu livro e apanhava um bocadinho de Sol.

Esta vida de cão é muito boa!!!!"

Dupla de Sucesso

Este fim-de-semana eu e o Rocky tornámo-nos, ainda mais,inseparaveís. Passámos juntos o fim-de-semana inteiro com idas á Praia no Sábado e no Domingo, talvez por isso e porque o Rocky tem imensa vontade de continuar a escrever neste blog abri uma excepção e este Blog passa a ser nosso: meu e do meu fantástico cão!

17 de janeiro de 2008

O Melhor Remédio


Dizem por aí que o melhor remédio é rir, quanto mais não seja de nós próprios!

15 de janeiro de 2008

Aventuras na Cozinha

Depois de ontem ter seguido fielmente uma receita que vinha numa revista fico a perguntar-me que raio de programa de edição de imagens estas empresas usam para as imagens ficarem com este aspecto tão delicioso....
Já deu para perceber qual é o meu prato, certo??


Eu e a cozinha nunca fomos de grandes amizades, aliás se puder evito passar nela muito tempo. Infelizmente ninguem vive do ar e uma alimentação saudavél é indispensavél para certos projectos futuros. Começei por planear a ementa para a semana visto haver umas certas pessoas que se queixavam que eu fazia sempre a coisa. E porque não quero criar um ciclo vicioso no que diz respeito á alimentação, dei utilidade aos 100 kilos de revistas de culinária que tenho lá por casa. Assim, vario todos os dias a ementa e o meu gajo fica feliz.

14 de janeiro de 2008

8 Mulheres

Lá por casa a vantagem feminina começa-se a salientar a passos largos. Esta foi a minha ultima aquisição: Blythe Mod Molly, que baptizei de Julia.
Ou bem que o Rui começa a comprar Playmobiles ou então as mulheres assumem por definitivo as rédeas lá em casa.

Como se ainda restassem dúvidas :D

10 de janeiro de 2008

O meu Porto-de-Abrigo

Tirando os palhaços dos amigos que de tudo fazem para me fazer rir, o Teatro tem sido o meu escape á desilusão que tem sido a minha vida de há uns meses para cá. Tenho a noção de que mal entro nos ensaios acabou-se a Vandinha e, ali se acende uma nova pessoa. Isto até parece fácil, seria se tivesse um botãozinho que me permitisse desligar-me de mim mesma. Isso sim, era Genial! Mas, como ainda não inventaram essa alta-tecnologia vou-me esforçando por deixar a Vandinha de lado aquando dos ensaios no Teatro. Nem sempre é fácil e, nem sempre consigo deixar ficar os problemas fora da minha personagem. Há dias que correm menos bem e que me apetece desistir. Lembro-me que no último ensaio desatei aos pontapés á cadeira... é certo que fazia parte da minha personagem mas, é certo que as palavras que disse não eram aquelas que me íam na cabeça....
Aqui a fabulosa Alda na minha caracterização de Capuchinho Vermelho

Manter o Equilibrio - É Fundamental

Estou numa fase da minha vida em que parece que o tempo não existe, e o pouco que existe aproveito-o para dormir pois, ultimamente é das poucas coisas que consigo fazer sem ser por obrigação. Não tenho tempo para dramas, para problemas complicados, para choros compulsivos ou cenas de ciumes. Não tenho tempo para dizer "amo-te". Não tenho tempo para apanhar a roupa seca do estendal. Não tenho tempo para fazer o jantar. Não tenho tempo para pintar. Não tenho tempo para fazer a cama, muito menos para varrer o chão. Não tenho tempo para conversas simpáticas ou para diálogos prolongados. Não tenho tempo para beijos. Não tenho tempo para seduções. Não tenho tempo para mim. Não tenho tempo para nós.
Foi o tempo que me consumiu a vontade.

9 de janeiro de 2008

Volta Infância. Estás perdoada!!!

Há dias ocupei o meu livre serão a digitalizar algumas fotos que quero imortalizar para sempre e, uma dessas fotos é esta que aqui vos deixo.
É uma foto dos meus felizes tempos de criança. Aquele tempo que deixa sempre saudade, aquele tempo que fica sempre por aproveitar como deve de ser. Eram 3 meses de férias. Eram 3 meses a ir para a praia, quer estivesse a fazer sol ou chuva. Eram tempos livres para brincar, tempo livre para dormir a sesta depois de almoço. Havia tempo para tudo, a cabeça vivia da inocência e o corpo alimentava-se das brincadeiras.
Quando tiver um filho quero ter a certeza de que lhe faço passar bem a mensagem que só vivemos uma vez a nossa infância por isso, há que a aproveitar e eu vou lá estar para lhe explicar a melhor maneira de a viver.


Eu sou a menina do fato-de-banho cor-de-laranja, na fila de baixo!

Vivemos Assim

Ele deixa-me viver caridosamente na sua casa, em troca, pago mensalmente o Condominío.
Eu deixo-o andar no meu carro, em troca, paga as revisões.

Há coisas fantásticas não há??

8 de janeiro de 2008

Balanço de 2007

O ano de 2007 foi o pior ano da minha vida. E tá tudo dito.

Esta foto é da Passagem de Ano que pode eventualmente suscitar algumas dúvidas quanto ao meu nível de alcool no sangue mas, posso garantir: ZERO!!! Afinal, estava encarregue de levar 3 passageiros sãos e salvos de regresso a casa.

Obrigado Cláudia pela fantástica pintura de unhas! Nada mal hã :D

Feliz 2008 para todos os meus visitantes.

Prognósticos

Bem sei que alguns dos meus fans estão bastante desiludidos comigo porque tenho deixado isto ao abandono. Pois bem, agradeço a vossa paciência e aproveito para vos brindar com este actualização porca.
Se há coisa que gosto de apreciar no Natal é exactamente isto, aqui presente nesta foto:
Gosto de ver os caixotes do lixo, cheios até ao tutano com caixas, papeis.... tudo da noite passada, em que se abriram os presentes. Fico sempre a cuscar e a ver o que terão recebido as pessoas neste Natal. Curiosamente houve um sortudo qualquer que ganhou um Plasma.... houve outros que ganharam Nenhucos e conjuntos de Fondue's. Nada mau.....
O meu foi bem produtivo, ora vejam:

7 de janeiro de 2008