29 de dezembro de 2017

Outra vez, na recta final de mais um ano. Termino com o mesmo sorriso de sempre, pode não ser o mais bonito mas não o deixo por nada deste Mundo. Se tenho problemas, claro que sim, como todos, como em todas as familias, como em todos no emprego. O importante é saber encará-los de frente porque tudo, tudo tem uma solução. Pode ser uma que não nos agrade mas, desde que resolva.
Lutámos este ano contra muitas adversidades que não esperavamos, vivemos com a saúde dos nossos próximos a aterrorizar-nos os dias mas, vivemos cada um como se fosse o último. Continuamos a viver em Espanha. Gostamos e não gostamos. As viagens a Portugal continua a ser mais escassas. A minha vida agora está aqui e durante 3 anos visitei a familia e os amigos que por lá ficaram. Agora é a vossa vez. Que 2018 vos traga muitas viagens a Madrid para nos visitarem!
Desejo que este novo ano me traga muita saúde e paz, porque com isto já me basta para conseguir tudo o resto!

30 de novembro de 2017

Rocky Sempre

Para mim perder um animal de estimação é tão duro como perder um ser humano. Ele era um ser humano. Um amigo. Um coração que pulava quando me vía chegar a casa. Morreu doente como a pessoa que pensei que estava viva nele. É aqui que perdes a esperança de um dia voltares a ser a mesma pessoa. Perdes a fé, que talvez nunca a tenha verdadeiramente recuparado desde que a minha avó morreu. Sei nunca mais vou ter outro animal de estimação porque não quero. O Rocky era único. Especial. Apareceu na minha vida numa altura de desgostos, de muita tristeza e vazio. 

11 de janeiro de 2017

A vida passa num flash. Ontem erámos 2. Veio o nosso patudo. Nasceu o Guilherme e agora vemo-nos a braços com uma pequena!!! Estou tão feliz. Cansada mas feliz.